segunda-feira, 10 de maio de 2010

Viajantes


Somos todos viajantes de uma jornada
cósmica – poeira de estrelas, girando e dançando
nos torvelinhos e redemoinhos do infinito: a vida é
eterna. Mas suas expressões são efêmeras,
momentâneas, transitórias. Gautama Buda disse
certa vez: "Nossa existência é transitória como
as nuvens do outono. Observar o nascimento e
a morte do ser é como olhar os movimentos da dança.
Uma vida é como o brilho de um relâmpago
no céu, levada pela torrente montanha abaixo."
Nós paramos um instante para encontrar o outro
para nos conhecermos, para amar e compartilhar.
É um momento precioso, mas transitório. Um
pequeno parêntese na eternidade. Se partilhamos
carinho, sinceridade, amor, criamos abundância e
alegria para todos. Esse momento de amor
é eterno.

(Deepak Chopra)

5 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Continuemos nessa viagem.

beijooo.

Patricia s2 disse...

essa viagem ao desconhecido me encanta, ainda mais sabendo que as oportunidades são inúmeras...
Bela escolha.
XD

carol sakurá disse...

Que seja uma viagem que glorifique Aquele que criou todas as coisas.
Bjs e obrigada pelo carinho!

EU SOU NEGUINHA disse...

Viagem de aprendizado...e passa tão rápido...
Beijos em ti

Luciana disse...

Temos que continuar viajando mesmo que as vezes seja dificil né?
Bjs
Lu