domingo, 4 de julho de 2010

Poema Do Amigo


A qualquer hora em que chegares, sentarás comigo em minha mesa.
A qualquer hora em que bateres a minha porta,
o meu coração também se abrirá.
A qualquer hora em que chamares, eu me apressarei.
A qualquer hora em que vieres, será o melhor tempo de te receber.
A qualquer hora em que te decidires, estarei pronto para te seguir.
A qualquer hora em que quiseres beber, eu irei a fonte.
A qualquer hora em que te alegrares, eu bendirei ao Senhor.
A qualquer hora em que sorrires,
será mais uma graça que o senhor me concede.
A qualquer hora em que quiseres partir; eu irei frente nos caminhos.
A qualquer hora em que cantares, eu estenderei os braços.
A qualquer hora, em que te cansares, eu levarei a cruz.
A qualquer hora em que te sentires triste, eu permanecerei contigo.
A qualquer hora em que te lembrares de mim, eu acharei a vida mais bela.
A qualquer hora em que partires, ficarás com a lembrança de uma flor.
A qualquer hora em que voltares, renovarás todas minhas alegrias.
A qualquer hora que quiseres uma rosa, eu te darei toda roseira.
Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar uma amizade
que não seja total, de todos os instantes e para todo bem.

6 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Acho esse poema lindissímo, obrigada pela partilha e pelas visitas fiéis.

Uma semana de luz.

beijooo.

Helcio Maia disse...

Amizade é assim mesmo, atemporal, não envelhece, independe de circunstâncias, questões meteorológicas, resultado do futebol, noite bem ou mal dormida...
Amizade é mais que simpatia, amizade é espécie do gênero amor.
Abraço.

Joakim Antonio disse...

Eu gosto muito de uma frase que diz, amigo é um irmão que a gente mesmo escolheu.

Que você esteja sempre rodeada de amigos sinceros e ótima semana!

Pat. disse...

A amizade é o Amor que nunca morre já dizia Quintana...

Beijos.

ONG ALERTA disse...

Lindo, amigo esta ali sempre quando precisar, paz.
Beijo Lisette.

EU SOU NEGUINHA disse...

Eu escolhi você..
Beijos love u