segunda-feira, 28 de dezembro de 2009


Aprendizado

Do mesmo modo que te abriste à alegria
abre-te agora ao sofrimento
que é fruto dela
e seu avesso ardente.

Do mesmo modo
que da alegria foste
ao fundo
e te perdeste nela
e te achaste
nessa perda
deixa que a dor se exerça agora
sem mentiras
nem desculpas

e em tua carne vaporize
toda ilusão

que a vida só consome
o que a alimenta.


Ferreira Gullar

2 comentários:

L'amant disse...

A dor é passageira.
Com ela aprendemos e nos fortalecemos.
Com amor, determinação, esperança e fé superamos todas as desventuras de nossas vidas.

Beijos em teu coração.

*Mi§§ §impatia* disse...

Perfeito esse texto.......estava mesmo precisando ler algo assim hoje..... tô tão tristinha, num chororô sem fim....afffffff
beijos amiga