domingo, 28 de março de 2010

Soneto a tua ausência


Desde que voce se foi,
eu fiquei muito só
meus olhos nublaram
meu sorriso se apagou.

É como se tivesse
levado junto contigo
todo encanto e magia
que nutria meus dias.

Quem poderá deter
esse rio de lágrimas
que inundou de mim?

Sigo chorando tua falta,
estou tão sozinha
como areia sem teu mar!


Denise Flor©

2 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia.
Que versos lindos.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom domingo para você.
Saudações Educacionais !

Luciana disse...

Oi Miss
Que lindo e triste a gente se sente assim mesmo.
Bjs
Lu